segunda-feira, 30 de maio de 2011

Mente de poeta

Sonhado por Karynha às 06:02
E aí? 
4 Comentários
Paro de súbito um instante...
Algo ascende em minha memória,
mas falta a ligação necessária entre o "quase" e o pensamento.
Continuo a caminhada, afinal o vento já anuncia a pressa em meus cabelos, que esvoaçam impacientes em minha face,
passos largos e graciosos devoram cautelosamente a distância,
meus olhos buscam insistentes o ponto que me liga a essa paisagem,
no entanto foge-me a todo instante o pensamento,
como um pássaro assustado por um tiro cortante
que rasga indiferente o silêncio de murmúrios da mata quase adormecida.
Mente de poeta é um labirinto de idéias loucas,
que se perdem e se esbarram agonizantes.
Desisto, esse pensamento que fuja,
não posso perder a hora,
decido caminhar somente, e admirar essa paisagem, que insisto, deveria lembrar-me algo,
paro ao ouvir ao longe um tiro surdo,
olho para o céu e vejo um lindo pássaro dourado atravessar o infinito azul.

terça-feira, 17 de maio de 2011

A companhia dos meus sonhos

Sonhado por Karynha às 21:30
E aí? 
2 Comentários
A companhia dos meus sonhos seria doce...
Um pouco calado, buscando na minha respiração
o rítimo que embale nossa noite,
afável e carinhoso
dedilharia nas curvas cálidas do meu corpo
a canção sensual que existe em nós,
cuidadoso aos meus desejos e minhas palavras,
afim de agradar-me a todo instante.
A companhia dos meus sonhos seria mais que um amado,
um amante,
completando-me quando eu chegasse ao fim,
indo além de mim,
encontrando nele a minha metade.
Sonhei com você todas as noites, sem imaginar que um dia realmente o encontraria.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Aloha

Sonhado por Karynha às 21:31
E aí? 
1 Comentários

<

Vou vivendo cada dia de uma vez...
Não me importa se o mundo lá fora está explodindo...
Eu preciso mudar aqui dentro para afetar o exterior...
Velhos kahunas sussurram em meus ouvidos
todos os princípios huna.
Eu estou indo um pouco mais devagar... Só assim o mundo inteiro pode me acompanhar.
Aloha.
Sim, de olhos fechados eu ouço o barulho de mar... Talvez essa onda me leve pra longe,
num lugar onde só eu possa me encontrar.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

É mulher

Sonhado por Karynha às 13:15
E aí? 
3 Comentários
Deixei a barba crescer e acabaram me confundindo com esse cara rude,
do tipo que anda calado com um ar de mistério no olhar...
Meus olhos já viram coisas demais, não só a armadura do meu óculos envelheceu...
É mulher, há muito eu não sou o mesmo homem, talvez você não tenha notado, ou simplesmente não acredite mais que por trás da barba eu possa ser aquele romântico bobo que a conquistou.
Nós deixamos algo para trás?
Seu olhar triste me diz que em algum ponto eu deixei de vê-la, deixei de senti-la...
Não sei se o toque aspero da minha barba a incomoda, não sei se os meus dedos perderam o toque da sua pele.
Eu quis ter mais tempo para encontra-la à noite, quis ter as palavras cestas para um "bom dia" após as madrugadas de silêncio.
Tentei não perder a calma, mas me faltou tempo para ser paciente.
 

Um pouco além Copyright © 2011 Design by Ipietoon Blogger Template | web hosting