domingo, 17 de julho de 2011

Bela dança.

Sonhado por Karynha às 06:33
E aí? 

E os corpos se devoram, suam,
choram,
comemoram,
com dor,
amor,
desejo e...
medo
para os não experientes.
Sexo é engraçado, parece dança, qualquer coisa ensaiada,
suor,
desejo e
lágrimas,
um desespero inesperado
e os olhos fechados se abatem pelo cansaço _inevitável.
Pernas,
pele,
cabelo e...
medo,
para os não experientes.
A dança diminui o ritimo por um instante, num súbito desalarme,
quando colados os copos paralisam,
então novamente acelera,
sem cautela,
fere e extasia...
O suor,
os lábios,
os olhos...
Repousam esgotados,
lado a lado,
os então experientes.

3 Comentários:

Tom Vital on 17 de julho de 2011 09:52 disse...

Belo poema.Bela dança!

Shirley Marilin - Artes on 18 de julho de 2011 07:22 disse...

Oi Karen. Adorei sua visita, será sempre bem-vinda, e pode crer, vc tem alma de poetisa sim. Parabéns.

Andy on 19 de julho de 2011 16:16 disse...

Gostei do poema.
Você nunca mais entrou no msn. O que aconteceu?

Postar um comentário

Preciosidades.

 

Um pouco além Copyright © 2011 Design by Ipietoon Blogger Template | web hosting