segunda-feira, 16 de abril de 2012

Que eu volte

Sonhado por Karynha às 06:57
E aí? 
Que ventos me tragam,
e tragam fracos e tímidos para que eu me recoste,
talvez quem sabe em uma pétala virgem,
para que eu me respire e me inspire, e pare um pouco no tempo,
para que eu desfaleça as pálpebras e que sintam elas o calor da aurora,
e os meus lábios o sabor da brisa... Que eu volte tímida e permaneça,
para isso que eu sempre julguei realmente importante... Minha poesia.

Que brilhem as estrelas na minha janela fria... que agora tem telhado e que bate na árvore,


que caiam as folhas e nasçam as flores para enfeitar minhas linhas...
Que cubram meus pés essa areia fina, para que meus passos marquem suas mesmas trilhas,
e tragam as ondas suas salgadas gotas,
para que meu corpo temperado apeteça teus lábios, e me saboreiem.


Esses ventos que são meus
e que perfumam os ares com o ar dos meus pulmões, volte sempre e todos os dias,
escritas e descritas, solitárias ou acompanhadas, minhas palavras,
que são minhas únicas pratas e meu nobre tesouro,
que só o vento pode tocar e só as flores podem cobrir... Que eu volte.





0 Comentários:

Postar um comentário

Preciosidades.

 

Um pouco além Copyright © 2011 Design by Ipietoon Blogger Template | web hosting