segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Fio

Sonhado por Karynha às 10:36
E aí? 

Esse céu azul demais
esse pássaro equilibra demais, porque não cai na minha mão?
Esse sonho repete demais,
esses olhos dormem demais, porque nõa cai de cara no chão?
Essa criança chora demais,
Essa mãe reclama demais, porque ela fala tanto não?
Esse mundo é doido demais,
esse rico têm demais, porque não tem, o Fio, um pedaço de pão?
Nem leite,
Nem pano,
Nem feijão,
Tem calçada,
Carrapato,
Comichão...
Tem medo do frio,
Medo de escuro,
Medo de fome,
Esses monstros são todos reias, vivos e sem coração!
Quem dá pro Fio, uma mãe, um colchão?
Quem dá pro Fio amor, compaixão?
Quem dá pro Fio o dia seguinte?

1 Comentários:

Tom Vital on 15 de novembro de 2011 09:18 disse...

Muito bom.Um poema com temática social.

Postar um comentário

Preciosidades.

 

Um pouco além Copyright © 2011 Design by Ipietoon Blogger Template | web hosting