sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Dedico

Sonhado por Karynha às 10:53
E aí? 

Ao meu abraço, partidas
e adeuzes que o tempo nos pode dar,
Ao meu sorriso, feridas
das vezes que ele surgiu para eu não chorar.
Ao meu olhar, saudades
das últimas imagens que eu guardei do sonho.
Ao meu adeus, regresso
que é o que espera quem sempre irá lembrar.
Ao meu coração, amor
que mais forte que o sangue o mantem vivo.
À minha espera, paciência,
pois se vale a pena, a eternidade é um segundo vago, cortante, mas ameno
Às antíteses, sentimento,
pois são elas que acariciam e queimam.
Ao meu corpo, segredos,
para que sempre ao olhar-me queira desvendar-me letra por letra.
Às minhas palavras, silêncios necessários,
para que no interválo de cada frase lhe tome sempre uma infinita saudade.
Ao meu tormento, descanso,
pois mereço paz.
À nos dois, momentos,
para que cada instante seja um recomeço.

2 Comentários:

Tom Vital on 6 de novembro de 2011 05:52 disse...

Belo poema amiga.Adore
Gostei também do novo visual do blog.
Abraços poéticos.

Dryca Lys on 8 de novembro de 2011 08:32 disse...

Sim, Lina tinha um voz linda. E talvez GaGa tenha se inspirado nela em alguns momentos.
Obrigada por ler o morango acido, volte sempre que quiser.
Legal seu blog :)

Postar um comentário

Preciosidades.

 

Um pouco além Copyright © 2011 Design by Ipietoon Blogger Template | web hosting